Show: Paramore – South American Tour

Aviso de antemão que as fotos que usarei nesse post são do show de SP pois eu não achei nenhuma foto oficial do show do RJ. E como é basicamente a mesma coisa, serviu bem…

————————————————

Pra começo de conversa, a Hayley é uma caôzeira. Bradou no twitter que nunca mais faria headbang na vida, no entanto…

Paramore

Não que eu esteja reclamando, não mesmo. Eu quero mais é que ela balance essa cabeça vermelha até que o cérebro saia pelos ouvidos, até porque, no dia em que a Hayley deixar de fazer headbang, aí sim que na minha opinião, aquilo ali vai deixar de ser Paramore.

Pois bem, eis que três anos depois, aquela menininha baixinha e branquinha de cabelo vermelho sobe novamente ao palco do Credicard Hall. E quem esteve no show de 2008, tenho certeza que vai concordar que era outra banda que subiu naquele palco. Nem melhor nem pior, apenas diferente.

Em 2008, uma Hayley de 19 anos não sabia direito o que fazer naquele palco tão grande com aquela casa de espetáculos cheia só até a metade e com apenas meia dúzia de sucessos emplacados. Era uma banda de adolescentes que por acaso fazia um enorme sucesso. Ok, não por acaso, pois as músicas eram muito legais desde então, mas àquela época, a coisa mais notória que o Paramore tinha feito era ter participado da trilha sonora do filme  Crepúsculo.

Em 2011, com 3 cds, turnê mundial e etc nas costas, a visão foi outra. Uma banda que sabe exatamente o que está fazendo. A Hayley aprendeu a ter domínio do palco, domínio da própria voz. E dessa vez, com a casa lotada e ingressos esgotados ela mostrou que a família Farro não está fazendo a menor falta.

Paramore

E eu digo isso não só pela postura da banda, mas digo pelo desempenho dos músicos. É claro que em três anos muita coisa pode ter mudado, mas pelo que eu me lembro do show de 2008 e também pelos vídeos de apresentações ao vivo da banda, me desculpem fan boys e fan girls, pelo menos no quesito bateria, o Josh Freese colocou Zac Farro no chinelo. O cara é MUITO bom. É claro que o Josh Farro era meio que a cara do Paramore também, então acaba ficando mais difícil de substituí-lo, mas não pela sua qualidade musical. Apenas pelo carisma que ele tinha com os fãs. Até porque o Justin York fez seu papel muito bem feito.

Paramore

E o show? Vocês devem estar perguntando.

Foi fabuloso. Setlist redondinha, com os maiores sucessos da banda, bloco acústico, música nova, extripulias do Jeremy e muito, muito frenesi.

O show começa com Ignorance, que dá o tom acelerado do primeiro bloco do show.  A banda deu bastante valor ao cd atual – Brand New Eyes, dedicando 9 das 18 canções do show a ele.  As outras 9 músicas foram monopolizadas pelo Riot! e o All We Know Is Falling se fez presente apenas com Emergency e Pressure. A novata In The Mourning abriu o bloco acústico e Decode, trilha de Crepúsculo garantiu mais um momento de histeria.

Paramore

Com mais três anos de experiência nas costas, Hayley aprendeu a lidar e interagir com seu público, o que rendeu alguns muitos momentos que me fizeram lembrar, guardado às devidas proporções, o ‘êh ôh” eterno de Billy Joe no show do Green Day. E a interação teve até direito ao momento queridinha da platéia, quando a vocalista convidou duas fãs par subirem ao palco – tudo previamente combinado, para tocar guitarra e cantar no finalzinho de Misery Business – maior sucesso da banda, que fechou o show com chave de ouro.

Enfim, uma banda mais madura, mais ciente e consciente de cada passo dado. Um banda muito bem ensaiada pronta para entreter seu público por uma hora e meia. Diferente de 2008, dessa vez  – ainda bem, ficou o gostinho de quero mais.

Valeu, Paramore. Foi ótimo! Voltem logo!!

Paramore

Setlist:

Ignorance
Feeling Sorry
That’s What You Get
For a Pessimist, I’m Pretty Optimistic
Emergency
Playing God
Careful
Decode
In the Mourning (Acoustic)
When It Rains (Acoustic)
Where The Lines Overlap (Acoustic)
Misguided Ghosts (Acoustic)
Crushcrushcrush
Pressure
Looking Up
The Only Exception

Encore:
Brick By Boring Brick
Misery Business

Advertisements

5 thoughts on “Show: Paramore – South American Tour

  1. Eu adorei o show! Com certeza irei no próximo, quando eles voltarem EM MENOS DE 3 ANOS. Promessa é dívida, Hayley.

  2. posso fangirlzar um pouco??? faltou fences, faltou let the flmaes begin, faltou born for this!!!!!

  3. Não só vc Carol. Também estarei ai pra ver eles novamente… Show maravilhoso, perfeito… Nem palavras! vamos todos juntos again né!? hhahahahh

    Promessa é dívida Hayley! ::D

  4. Presença d palco eh tudo e ela fez do jeito certo: pooser como uma rock star! hahahaha Sim ao REDheadbang e sim a paradinha pooser emcima do retorno!!!

    Só faltou falar menos né Hayley? Conversar entre cada música não rola…

    Pra quem gosta de tudo faltou muita coisa amiga!!!

    Só resta esperar pq qnd eles voltarem eu vou ta lá de novo tambéééém!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s